fonte

Ultimas Notícias

quinta-feira, 21 de janeiro de 2010

Silêncio etéreo

Free Image Hosting at www.ImageShack.us

Silêncio etéreo

Às vezes o silêncio é beligerante, pois que negligencia

a arte de sorrir. Um pássaro sem canto é como uma floresta sem

encanto... É como um ser sem sombra a se esconder na penumbra.

Vagos pensamentos inconstantes a me aturdir os ouvidos são mais

estridentes que o ganir dos canídeos em noite de lua cheia.

O som se identifica ao chegar, existem aqueles que ferem... A esses

nos fazemos de moucos, porque senão nos deixam loucos... Há! Mas,

aqueles que vem como música se aprofunda em nossa alma, traz a

benção que nos acalma, a paz que suaviza e nos remete aos píncaros

celestial.
Às vezes parece que pensamos alto demais... Todos ouvem.
Candinho Anjo

3 comentários:

Luciana P. disse...

Ah, Candinho, e que perigo pensar alto demais. Nesses pensamentos podemos nos mostrar demais e aí, explicação, julgo, justificativas, oh, vida cruel.
Será que nem pensar alto demais a gente pode???
Confesso que é melhor que os meus pensamentos continuem em silêncio, hhahahaha, não seria aconselhável que alguém os ouvisse, rsrsrs.

Mas, deiza pra lá, viajei com a poesia. Delíciosa como sempre. Você devia postar mais, assim me daria o prazer de vir mais vezes aqui.
O que acha?


Beijos de fim de tarde...

Luciana P. disse...

Ah, e a música também é muito boa. Como sempre! Já ouvi duas vezes...

Luciana P. disse...

Olá, meu encantador gentleman virtual. E podem existir comentários mais elegantes e deliciosos do que os seus? Não, certamente que não!
Fiquei aqui pensando na volúpia das suas sensações ao ler o meu post sobre a minha insônia...

"esta cama de ébano florida não me sai da cabeça". Essas foram as suas palavras, hummm, e o que estaria pensando um anjo voluptoso em pleno Olimpo, deitado em uma cama de ébano, com flores perfumadas ao redor, certamente, não seria em dormir o sono dos justos, não é? Hahahahahaha...

Beijos de fim de tarde, início de noite a um som qualquer que sugira uma bela dança no meio da rua, na chuva, acompanhado de uma insinuante deusa sempre alerta. Sono? Numa hora dessas? Nem pensar!

Presente da Neide

Pura Luz.Presente da Neide

Avassaladora

Avassaladora

Minha lista de blogs

Seguidores

A de Amar

Palavras, Arte e Blá blá blá

Felicidade à Vista