fonte

Ultimas Notícias

quinta-feira, 28 de maio de 2009

Pegadas

“Se você seguir minhas pegadas verá
que elas terminam dentro de seu coração”
Candinho Anjo.

domingo, 24 de maio de 2009

Reminiscências


quarta-feira, 13 de maio de 2009

A primeira vez

Era um dia primaveril, desperto com aquela sensação de que
tive um sonho mágico, místico, inusitado, uma percepção
extraordinária de algo lindo que extrapolava qualquer sentimento
de bem estar que eu conhecia, acordei nas nuvens, me parecia.
Sentia que aquele dia estava assinalado pela mão do destino,
pois o que me envolvia me transportava às paragens diáfanas
de um paraíso, experimentava ávido daquelas delícias do empíreo.
O dia prosseguia adornado e envolvido em aromas florais,
o amor vibrava em cada som natural que se ouvia, um zumbido
de abelha, um rufar de asas de um beija-flor, o trinado dos pássaros
canoros e mesmo uma melodia harmoniosa se podia ouvir
quando uma suave aragem agitava as folhas das árvores.
A manhã já se perdia no meio dia, o entardecer chegou mais
romântico prenunciando gozos inimagináveis, meu contentamento
era indizível e minha ansiedade aumentava consideravelmente.
A noite chegou como uma mantilha acetinada, a lua embevecida
disputava com as estrelas o direito de iluminar tão significativo
momento.
Quando nossos olhos se encontraram pela primeira vez, percebi que
era chegado o instante tão almejado, a vida conspirava para que tudo
saísse como planejado, seu olhar penetrou em mim perscrutando todo
meu ser, meus olhos invadiram sua retina como a descortinar seus
sentimentos, não sei quanto tempo ficamos assim em estado de
êxtase e queríamos mesmo que o tempo parasse naquele instante
mas, quando você sorriu para mim toda as forças da natureza se
uniram, com cada uma proporcionando os mais fantásticos shows
já visto por alguém, quando vimos já estávamos tão próximos que
podíamos sentir as batidas de nossos corações, nossas bocas se
encontraram avidamente, o beijo nos transportou aos píncaros do céu,
sentimos as estrelas ao nosso redor, a lua encantada rebrilhava
envolvendo-nos em seus fachos luminosos alimentando a nossa
paixão... A primeira vez...
( Se você chegou até aqui e gostou, quero te fazer um convite.
Gostaria imensamente que você participasse comigo deste conto,
dando sequência ao texto e fazendo o final, você pode colocar como
foi sua primeira vez ou como gostaria que fosse e ainda pode usar
a imaginação. Conto com sua participação. Publicarei no blog com o
seu final) Desde já agradeço.
(Candinho Anjo)

quinta-feira, 7 de maio de 2009

O sol, eu, você...

O sol, eu, você...

Caminho a passos seguros nesta manhã radiante,
o sol surge no horizonte com promessas douradas,
pensamento já vai lá na frente saudando a alvorada,
às vezes retrocede e as lembranças surgem fulgurantes,
vejo-as agora muito mais nitidamente,
a emoção me envolve, a saudade é danada
e no estertor desta madrugada
dentre elas sua imagem abrolha rapidamente,
a saudade dá lugar a uma grande euforia,
como se de mãos dadas comigo caminhasse,
o sol banhando de púrpura a sua face
e deixando rubra a minha, de tão intensa alegria,
já não ando mais, agora volito sem asas
o coração pulsando forte e agitado
sustenta meu vôo, não fico agastado
já não tem mais perigo de andar em brasas.
(Candinho Anjo)






Presente da Neide

Pura Luz.Presente da Neide

Avassaladora

Avassaladora

Minha lista de blogs

Seguidores

A de Amar

Palavras, Arte e Blá blá blá

Felicidade à Vista