fonte

Ultimas Notícias

sexta-feira, 11 de setembro de 2009

Seja exemplo...


Mesmo que não se encaixe todas as alternativas em todo mundo, todos nós sabemos o quanto tem isso de verdade... Infelizmente.
O BRASILEIRO É ASSIM:

- Saqueia cargas de veículos acidentados nas estradas.

- Estaciona nas calçadas, muitas vezes debaixo de placas proibitivas.

- Suborna ou tenta subornar quando é pego cometendo infração.
- Troca votos por qualquer coisa: areia, cimento, tijolo, dentadura.

- Fala no celular enquanto dirige.

- Trafega pela direita nos acostamentos num congestionamento.

- Para em filas duplas, triplas em frente às escolas.

- Viola a lei do silêncio.

- Dirige após consumir bebida alcoólica.

- Fura filas nos bancos, utilizando-se das mais esfarrapadas desculpas.

- Espalha mesas, churrasqueira nas calçadas.

- Pega atestados médicos sem estar doente, só para faltar ao
trabalho.

- Faz gato de luz, de água e de TV a cabo.

- Registra imóveis no cartório num valor abaixo do comprado, muitas vezes irrisório, só para pagar menos impostos.

- Compra recibos para abater na declaração do imposto de renda e pagar menos imposto

- Muda a cor da pele para ingressar na universidade através do sistema de cotas.

- Quando viaja a serviço pela empresa, se o almoço custou 10 pede nota de 20.

- Comercializa objetos doados nessas campanhas de catástrofes.

- Estaciona em vagas exclusivas para deficientes e/ou idosos.

- Adultera o velocímetro do carro para vendê-lo como se fosse pouco rodado.

- Compra produto pirata com a plena consciência de que é pirata.

- Substitui o catalizador do carro por um que só tem a casca...

- Diminui a idade do filho para que este passe por baixo da roleta do ônibus sem pagar passagem.

- Emplaca o carro fora do seu domicílio para pagar menos IPVA

- Frequenta os caça-níqueis e faz uma fezinha no jogo de bicho.

- Leva das empresas onde trabalha, pequenos objetos como clipes, envelopes, canetas, lápis... como se isso não fosse roubo.

- Comercializa os vales transporte e vale refeição que recebe das empresas onde trabalha.

- Falsifica tudo, tudo mesmo... Só não falsifica aquilo que ainda não foi inventado...

- Quando volta do exterior, nunca fala a verdade quando o policial pergunta o que traz na bagagem...

- Quando encontra algum objeto perdido, na maioria das vezes, não devolve.

E querem que os políticos sejam honestos... Escandalizam-se com a farra das passagens aéreas...
Estes políticos que aí estão saíram do meio desse mesmo povo... OU NÃO?

6 comentários:

Luciana P. disse...

Exato!
Infelizmente, é a nossa realidade. Eu diria que é uma maneira controversa de enxergar as coisas, ou, uma subversão dos valores...
E durma com um barulho desses.
Eita, povo!


Besos!

neide disse...

Pior que é verdade querido Candinho nós, (o povo), somos assim mesmo só que existe aí uma grande diferença. Os políticos em épocas de eleição não são iguais a nós, pobre mortais, pra ganhar nosso voto ficam perfeitos, se mascaram e nós sabemos disso, mas depositamos neles o que tanto prometem... Educação, alimentação, segurança, em fim, por isso que quando ganham cobramos deles honestidade e respeito em todos os sentidos, mas se as autoridades máxima de um País não respeitam nem a si próprio... Vira essa zorra total em que nos encontramos.

Sinto sua falta em minha casa,viu?

Bom domingo.

Bjssss

Luciana P. disse...

Hahahahahaha, e como é que eu poderia denominar o "passa-fora" que a francesa levou do namorado? Só me veio "pé na bunda" mesmo.
Aliás, nessa ele se deu mal, hein. Jamais imaginou que ela faria isso com ele. Pelo menos de uma coisa ele não pode reclamar. Agora está conhecido mundialmente, rsrsrs

Beijos, querido!
E não se esqueça de que a primavera está chegando.

Blogadinha disse...

E quantas vezes num simples apontar o dedo refugiamos a nossa conduta menos exemplar ou camuflamos a vergonha...

Sim senhor, gostei da reflexão e sobretudo do remate - o civismo e a educação começa em cada um de nós.

E pede respeito quem se dá ao mesmo!

Bjo

Cleo disse...

Meu amigo Candinho!

Ótima postagem, mas infelizmente é esse o nosso país.

e este "seja exemplo" começa em casa com os pequenos a copiarem os pais, depois na escola, mas sei lá o que ensinam nas escolas hoje. mas é aí que tudo pode começar a tomar outra forma.

que a tua semana seja de paz e luz, Namastê, Aloha.

beijos no coração, abraços na alma.
Cleo

Barbara disse...

Concordo.
O Poder reflete a psicologia do povo.
De alto a baixo da tal pirâmide social, econômica, e o escambau, a falta de sentido de DEVER é quase geral.
E sempre foi assim, desde a colônia.
Baixa estima de um povo que não se conhece.
E o sistema ajuda a enfatizar essa tragédia.

Presente da Neide

Pura Luz.Presente da Neide

Avassaladora

Avassaladora

Minha lista de blogs

Seguidores

A de Amar

Palavras, Arte e Blá blá blá

Felicidade à Vista